Tema Economia Criativa movimenta seminário do Fórum Desenvolve Londrina
O assunto levou cerca de 200 formadores de opinião a participarem do evento
26/09/2018 #forumemdebate;#forumdesenvolvelondrina

“Na nova economia, o talento criativo humano passa a ser o ativo econômico. As atividades econômicas baseadas no talento criativo para gerar produtos e serviços diferenciados é que movem a engrenagem. Talento ninguém copia”. Com base neste conceito, Ana Carla Fonseca, assessora para a ONU sobre o assunto, abriu no dia 21 de setembro, a palestra Magna do “II Fórum Em Debate”, seminário do Fórum Desenvolve Londrina, que teve como tema: “Economia Criativa como Desenvolvimento Sustentável”.

O evento reuniu cerca de 200 pessoas, no recinto Milton Alcover, no Parque de Exposições Ney Braga e contou com outros dois palestrantes Cristina Maseda, Secretária de Cultura de Paraty e Gustavo Pereira Vidigal, Assessor Especial em Economia Criativa na Secretaria de Estado de Cultura do Distrito Federal. O seminário foi mediado pela jornalista Crhistina Mattos. Maseda falou sobre “Paraty eleita Cidade Criativa da Gastronomia pela UNESCO Creative Cities Network em 2017” e Gustavo Pereira Vidigal explanou o “Programa Território Criativo do Governo do Distrito Federal”.

O preparo das cidades para esta nova realidade, consequência do impacto tecnológico iniciado nos anos 90, fez parte das discussões do II Fórum Em Debates e passa pela conexão com o público, diversidade cultural, perspectiva de carreira, qualidade de vida, inovação, além de planejamento e governança compartilhada, que são fundamentais. O início deste processo tem como base a busca dos atributos de cada centro urbano e a partir daí trabalha-los de forma contínua. Nas exposições, os palestrantes deixaram claro que hoje, Economia Criativa não é uma escolha; é imperativo.

O Fórum Desenvolve Londrina é formado por representantes de 36 instituições londrinenses. “Economia Criativa como Desenvolvimento Sustentável” é o tema do estudo da entidade em 2018, que deve publicar um caderno sobre o assunto em meados de dezembro.