Fórum apresenta Caderno de Indicadores e Pesquisa de Percepção 2018
Evento aberto à comunidade reuniu autoridades e representantes de entidades no auditório da Associação Médica de Londrina
13/12/2018 #pesquisadepercepção #manualdeindicadores

Neste 13 de dezembro, o Fórum Desenvolve Londrina entregou a comunidade o Manual de Indicadores de Desenvolvimento de Londrina 2018, com mais de 60 indicadores atualizados e a VII Pesquisa de Percepção da População sobre a Cidade de Londrina. A apresentação do Manual e da Pesquisa foi aberta a população e no auditório da Associação Médica de Londrina (Av: Harry Prochet, 1055), no período da manhã.

O Manual de Indicadores serve para que a população possa qualificar o índice de desenvolvimento do município. Traz o mínimo de informação que orienta este processo, possibilitando que a comunidade conheça seus problemas e contribua com soluções. O caderno de Indicadores em sua 13ª edição é focado em seis assuntos relevantes (educação, saúde, meio ambiente, segurança, cultura, tecnologia e economia)

A Pesquisa de Percepção é apresentada com o Manual, pelo sétimo ano consecutivo. E neste ano, os indicadores do Manual “conversaram” com os dados da pesquisa interligando e associando os conteúdos. A comparação dos resultados da pesquisa permite analisar os aspectos que a população avalia que evoluíram positiva ou negativamente na cidade de Londrina. A pesquisa foi realizada entre setembro e outubro de 2018.

Em 2018, o Estudo do Fórum Desenvolve foi “Economia Criativa Como Desenvolvimento Sustentável de Londrina” e é padrão a pesquisa também trazer perguntas ligadas ao tema do ano. O Caderno de Estudo ainda está em compilação de dados e será apresentado ao londrinense em março de 2019 e será o 12º estudo realizado pelo Fórum.

Pesquisa e indicadores

Alguns números de indicadores assim como resultados da pesquisa chamam a atenção. Para conhece-los, basta acessar o site do Forum – www.forumdesenvolvelondrina.org – e fazer download do Caderno de Indicador 2018.

Com base no indicador “Cidade Ativa e Articulada”, a pesquisa trouxe que 64% da população não se engajariam em alguma causa para a cidade e os que se engajariam apontaram como causa a qualidade de vida, seguida da proteção de animais e saúde. Vale evidenciar que os acima de 55 anos escolheram o Hospital do Câncer como causa e a população entre 35 e 44 anos, a segurança.

No manual de indicadores alguns coeficientes londrinenses vêm se mantendo padrão nos últimos anos, com ressalva para um ou outro ano, como é o caso do número de infrações e delitos cometidos por adolescentes em conflito com a lei; mortalidade infantil, homicídios, estatística que se encaixam no indicador Londrina Cidade Humana Segura e Saudável. A pesquisa trouxe que 85,5% concorda que Londrina é uma boa cidade para se viver, mas a segurança é questionada em alguns números com 52% não se sentindo seguros em caminhar pelas ruas da cidade.

Os indicadores de desenvolvimento econômico mostram números como o Produto Interno Bruto (PIB) Per Capita (R$) num crescendo entre 2010 e 2014 (fonte do IBGE). Neste contexto, de Londrina como uma “Cidade Diversificada e Dinâmica” a pesquisa traz que 42,4% da população concordam que a cidade oferece uma boa perspectiva de futuro para seus moradores, mas também 42,1% apontam que Londrina não teve um bom desenvolvimento econômico nos últimos quatro anos.

Quando se trata de “Economia Criativa” o desconhecimento do londrinense sobre o assunto é fato. Na pesquisa, 85,8% dos entrevistados não ouviu falar sobre o tema. E, entre os que disseram sim, o maior número se encontra na faixa dos 16 a 24 anos, portanto entre os mais jovens. Mas os entrevistados ao serem questionados sobre itens deste setor mais presentes na economia de Londrina, “Gastronomia e Eventos” foram os mais apontados.

Londrina aos 100 anos

Formado por representantes de 38 entidades, o foco do Fórum é 2034, centenário de Londrina, projetando assim, uma “agenda positiva”, para o futuro da cidade e região, atingindo um equilíbrio, econômico, social, cultural e ambiental. O caráter do Fórum é propositivo. Os estudos até agora apresentados renderam frutos com ações em andamento executadas tanto pela sociedade civil, quanto pelo poder público. Os integrantes do Fórum Desenvolve Londrina representam entidades diversas – públicas ou privadas - e participam do Fórum voluntariamente. As reuniões são realizadas todas as quintas-feiras, das 8h às 10h, na sede da Associação Médica de Londrina.